BlogBlogs.Com.Br

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A langonha do Sá da Bandeira


Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Li num desses blogues sérios que o Teatro Sá da Bandeira vai ser transformado num Hotel.
Para quem não sabe, o Sá da Bandeira esteve destinado, nos últimos anos, à exibição de filmes pornográficos. Passei bons momentos naquela que, em determinada fase da minha vida, chegou a ser a minha segunda casa.
Foi ali que vi pela primeira vez a Cicciolina de pernas abertas, enfiando um vibrador enorme que, depois, lambeu languidamente perante um atónito advogado. Foi ainda ali que vi e invejei o gigantesco marsápio do Rocco Siffredi - 25 centímetros que, na tela grande, parecem ainda mais.
Regressando ao Hotel, só tenho pena dos funcionários da limpeza, que vão passar meses e meses a tentar tirar as litradas de langonha completamente incrustada nas paredes do Teatro. Não vão conseguir tirar nem metade, como é óbvio, porque aquilo era esporradela de manhã à noite.
Aos turistas mais incautos, os responsáveis do Hotel sempre poderão dizer que se trata de estalagmites de uma gruta muito antiga que ali existiu.

7 commentaires:

Laura "Bouche" disse...

O Olímpia do Norte. Que saudades. Eu engulo, e nunca tive gargantites na garganta

Laura "Bouche" disse...

Em Lisboa, fazem agora tudo nos duches dos ginásios, e é entre "fêmeas".
O fenómeno do "lesbianismo" masculino é atroz

Licenciada disse...

Altamente :-)

♥♥♥♥♥♂♥♥♥♥♥ disse...

este domingos gato é mais uma bichona altamente nojenta

Violência disse...

Não há ai quem goste de couro velho, e vá dar uma foda nesta gaja, nas moitas do Carvalhido ou do Canidelo?
FODA-SE, CARALHO, GANDA MONTE DE MOERDA!!!

Fernando Korno disse...

DÓ RÉ MI FÁ SOL LÁ SI DÓ
DÓ SI LÁ SOL FÁ MI RÉ DÓ

Laura "Bouche" disse...

Fodas em gajas não dou, porque só curto homens, mas já que a tipa que é masoquista e curte vir aqui apanhar nos cornos, posso usar-lhe a cona como conzeiro, para apagar beatas.
Ó, Fátima, abre lá as pernas para eu apagar o cigarro, ó minha :-)

Protesto Gráfico

Protesto Gráfico
Protesto Gráfico